Filhinhos da Mamãe

Guia Sobre Infância
MENU

7 Dicas de ouro para amamentar e ter muito leite

Tags:, , , ,

dicas amamentação

Toda mãe sabe que o leite materno é o melhor alimento para seu bebê. Mas nem sempre amamentar é algo tão fácil. Muitas vezes bate forte a insegurança de que talvez não tenha leite suficiente, em quantidade e qualidade, para nutrir adequadamente o bebê. Separamos as sete dicas essenciais para te ajudar na amamentação.

  1. Estresse e sono são inimigos da amamentação

Maes exaustas

Sempre que possível, durma! Descansar é essencial para que você consiga produzir bem o leite.

É comum que mães que passaram pelo estresse de ter seus bebês no CTI tenham dificuldades em produzir leite em quantidade suficiente por estarem emocionalmente muito abaladas. Do mesmo modo, o cansaço reduz bastante a produção de leite. As primeiras semanas do recém nascido são pesadas para a mãe, que precisa se adaptar a uma rotina de cuidados do bebê, enquanto se recupera do parto. Por isso a dica mestre é: sempre que possível, durma! Você precisa se recompor.

  1. Hidratação é essencial

Beba bastante líquido. Tenha sempre a mão água fresca. Sucos, chás e água de coco também são boas opções.

  1. Prepare um ambiente para amamentar

Uma boa almofada que te ajude o a ajustar o bebê no colo faz grande diferença. Depois de um tempo vocês estarão completamente coordenados, aí seu bezerrinho será capaz de mamar até de cabeça pra baixo, mas no inicio, uma almofada adequada, uma poltrona certa e um ambiente calmo podem ajudar demais na amamentação.

almofada-amamentacao

Almofada de amamentação. Apoia o bebê a ajuda muito a encontrar a posição ideal da amamentação.

  1. Alimente-se bem

Na amamentação exclusiva, assim como era durante a gestação, todos os nutrientes do bebê (e seus!) dependem de você. E é comum que nos descuidemos um pouco da alimentação quando o bebê nasce. Coma comida de verdade (digo, evite industrializados, coma arroz, carne, vegetais, frutas). A alimentação adequada tem relação com imunidade. Lembre-se: o leite materno transmite muito mais do que nutrientes ao bebê, fornece anticorpos que combaterão vírus e bactérias.

  1. Insista na pega correta

No inicio você deve ajudar o bebê a conseguir a pega correta. Segure a mama com a mão em formato de C para fazer com que o bebê abocanhe toda a aréola, ficando com aquela linda boquinha de peixinho. Só assim ele vai conseguir sugar o leite em quantidade suficiente.

amamentação

Pega correta – o bebê tem que abocanhar a aréola mamária. Boquinha de peixinho: bem aberta com lábios revertidos.

  1. Deixe o bebê mamar tudo

Só ofereça a outra mama depois do bebê esvaziar a primeira. A composição do leite materno é variável. No início da mamada é mais leve, perfeita pra hidratar o pequeno, no final é que vem a gordura, ideal pra deixar o fofinho saciado e cheio de dobrinhas.

  1. Dê valor ao Sol

Mesmo com a pega correta, podem ocorrer aquelas terríveis fissuras (uuuiii! Dói só de lembrar). Principalmente se o mamilo não for bem projetado, o inicio da amamentação pode ser muito dolorosa. Banho de Sol por alguns minutos ao dia, nos mamilos lambuzados com um pouco do seu próprio leite, pode ter efeitos surpreendentes. Arrume um cantinho reservado e tenho certeza que não se arrependerá deste top less.

 

Só quem passou por isso sabe: amamentar pode ser muito desafiador. Pode ser algo bem mais difícil e menos natural do que as pessoas acham. Tente, tente e tente! Você não vai se arrepender. Mas, se apesar de todo o esforço a amamentação não for possível, não se culpe (e muito menos permita que o façam).

Carla Torres

Médica (Universidade Federal Fluminense – 2004) e mãe. Atua nas duas funções em tempo quase integral e é apaixonada pelo que faz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *