Filhinhos da Mamãe

Guia Sobre Infância
MENU

Cuide da mãe de recém nascido

Tags:,

IMG_3567

Quando minha filha nasceu, o pediatra ainda na maternidade disse para meu marido: “sua esposa vai ficar um pouco triste, cuida dela “. Meu marido não entendeu, nem eu, porque como eu ficaria triste se estava recebendo a maior benção da minha vida? Tinha tentado engravidar por 2 anos antes de conseguir essa gestação. Em casa, entendemos tudo. Nos primeiros dias ela dormia bem, como todo recém nascido. Eu, inexperiente, tive muita dificuldade na amamentação. Toda mãe sabe o que é isso. Quando comecei a ficar craque, pensei… agora vai ficar facil. Só que não… Começaram as cólicas. Choros intermináveis… Nisso eu estava sem dormir havia 30 dias. O pós parto é uma loucura hormonal. Tipo uma tpm prolongada. Somado à privação de sono, ficamos totalmente fragilizadas. É bom lembrar, então, de 6 coisas importantes:

1- NUNCA questione se ela tem leite mesmo.

Lembro que eu ficava super grilada quando alguém falava isso. Minha autoconfiança no começo era baixa, se alguém falasse algo assim eu já acreditava que meu leite não alimentaria minha filha. A mãe de primeira viagem já está insegura e sensível, vamos lembrar.

2- Não dê presente, dê descanso!

Sempre que possível, cuide do bebê para ela dormir um pouco. Serio, isso é melhor que dar presente. Mãe de bebê pequeno passa por uma privação de sono inacreditável. Antes de ser mãe, achava cansativo dar plantão à noite. Depois de ser mãe, vi que eu daria “plantão noturno” todos os dias por muitos meses. Eu pedia de presente de aniversário e Natal “vale sono” rs.

3- Não fale que o que ela está comendo vai dar cólica no bebê.

Essa questão da alimentação da mãe influenciar na cólica já é controversa. Uma pessoa que não dorme, não toma banho quando quer e só vive para cuidar do seu bebê não tem direito de comer o que gosta?

4- Não comente que o bebê chora demais.

Passei muito por isso. Todo mundo falava isso pra mim. A mãe já está ciente né!

5- Não critique a mamadeira.

As pessoas não sabem pelo que aquela mãe está passando. Ela pode estar exausta, pode estar tomando algum medicamento que a impeça de amamentar, pode ter tirado leite com a bomba para dar na mamadeira porque teve fissuras horríveis no mamilo, ou outros vários motivos.

6- Não julgue a mãe que tem babá.

Ninguém sabe o nível de problema que aquela mãe tem. Muita gente tem parente que ajuda, e por isso não precisa pagar para ter uma mão. Outras não têm parente nem babá, passam por um aperto imenso mas conseguem sobreviver. O fato é que cada um tem uma história, não cabe julgar aquela mãe que está passando pelo mesmo perrengue gigante que você passou.

Menos julgamento e mais compaixão, por favor!

Luciana Novellino

Luciana Novellino

Médica, mãe de dois. Apaixonada pela família e buscando vivenciar a maternidade com alegria, mais leveza e menos cobrança.
Luciana Novellino

4 respostas para “Cuide da mãe de recém nascido”

  1. Daniela Mayumi disse:

    A falta de apoio que começa em casa eh muito deprimente. Meu marido não entender certas questões já era previsível, mas minha mãe ser aquela pessoa crítica e causadora de várias insegurança que ela mesma tinha quando me teve foi a pior coisa, e tenho enfrentado dias de luta e dias de glória.. falta de sono e crítica negativa fizeram parte da rotina aqui, infelizmente. Ler seu texto foi apenas constatar que a maioria das pessoas desconhecem o óbvio dá recém mãe.

    • Luciana Novellino disse:

      Daniela, essa falta de sensibilidade foi uma das grandes dificuldades que vivi quando minha primeira filha nasceu, além da privação de sono, claro. Conversando com amigas, percebi que muitos homens demoram alguns meses até entender que a vida mudou, e com isso nós ficamos sobrecarregadas. Eu fiz terapia depois que minha filha nasceu, e uma coisa que aprendi é: fale quando algo a incomodar, logo que acontecer, antes que te irrite muito e você não consiga falar calmamente. Muitas das vezes a pessoa que me chateava não tinha noção do que estava fazendo.

  2. Que maravilha de post!
    A maternidade em si já é tão dificil né?!
    Eu até hj n durmo bem, Arthur vai fazer 3 anos e ainda acorda de madrugada pra tomar mamadeira 🙁
    Ainda qd questionam, julgam ou ‘dão tantos conselhos’ acabam piorando a situação…

    Bjoooos

    • Luciana Novellino disse:

      Oi Fernanda! Que bom que gostou!! Essa parte de não dormir é a pior. Sabe, uma coisa que me ajudou com meu filho mais novo foi falar para ele, todos os dias antes de dormir, que a noite é para dormir, e não para mamar, acordar, chorar ou gritar. Que a mamãe precisa descansar para cuidar dele de dia. Aos 3 anos seu filho já entende bastante coisa. Tenta conversar com ele, todos os dias. Depois me conta! Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *