Filhinhos da Mamãe

Guia Sobre Infância
MENU

Meu filho vai ser sempre difícil assim??

Tags:,

Meu filho birra

Depois que seu filho faz 1 ano, ele alcança muitos feitos: começa a andar, busca cada vez mais expressar seus desejos, e percebe que é um indivíduo que pode escolher algumas coisas. É incrível ver que aquele bebezinho vai tomando forma de uma pessoa com preferências. Mas até que seu filho consiga de fato se expressar e entender seus limites, uma batalha se instala em casa. Nesse processo, surge a crise dos 2 anos, ou o “Terrible two”.

Você já viu nosso post com dicas de como lidar com essa fase

Birra - o terrible 2 filho

Confira as 6 dicas de ouro de como lidar com a birra.

Pode ser que algumas mães digam que não passaram por isso com seu filho, ou passaram de forma bem amena, o que é ótimo!! Mas com muitas de nós acontece de forma intensa. Com a minha filha começou com 1 ano e 6 meses e durou até 2 anos e pouco. É muito desgastante, porque uma hora você tem um bebê que está feliz e curtindo o passeio, e minutos depois ela fica muito brava com o elástico amarelo que você colocou no cabelo dela. E aí vem uma explosão de gritos de choro. Mas só por causa do elástico? É. Para a mãe é um exercício de paciência. Porque apesar de tudo, precisamos manter a calma, lembrando que gritar ou brigar só piora as coisas. Como falamos no post da Crise dos dois anos , o melhor é conversar depois de passada a crise, e explicar o que aconteceu. É muito difícil conseguir ser tolerante como precisamos ser nessa fase, porque nos dedicamos tanto, fazemos tanto por eles, mas parece que muito pouco agrada. É essa sensação mesmo, que nunca agradamos. E a vergonha que passamos no shopping, restaurante, festas…?  Criança jogada no chão chorando… Já vivi muito isso! Mas incrivelmente chegou um momento em que a tempestade passou. Depois de muita conversa, definição de limites (muita mesmo, quase diariamente!). Ela passou a falar mais claramente, conseguir dizer o que queria, foi amadurecendo, e ficou muito, mas muito mais tranquila. Acredite, vai passar mesmo, esse não é o temperamento do seu filho! Às vezes ainda temos um certo embate, especialmente na hora de colocar o uniforme da creche, mas todo o resto está muito mais fácil. Coisas inimagináveis pra mim acontecem: ela espera pacientemente na cadeira enquanto eu troco a fralda do irmão dela, se contenta em comer 2 biscoitos, aceita que eu arrume o cabelo dela (isso nem sempre…rs). O que eu quero dizer? Bom, que nossos filhos são sim nossos grandes companheiros. Nosso investimento de amor e cuidados vale à pena, não desanime. Nesses dias mais difíceis, converse com outras mães e veja que todas passamos por isso. Você não está sozinha. Só não tem problema quem não fala.

Luciana Novellino

Luciana Novellino

Médica, mãe de dois. Apaixonada pela família e buscando vivenciar a maternidade com alegria, mais leveza e menos cobrança.
Luciana Novellino

2 respostas para “Meu filho vai ser sempre difícil assim??”

  1. francieli disse:

    Obrigada…me sinto aliviada!
    Estou passando por isso com minha pekena de 2 e 7 hehe…me estreado muito mas respiro e sigo adiante…sei q logo vai passar!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *