Filhinhos da Mamãe

Guia Sobre Infância
MENU

O seu filho é sedentário?

Tags:, ,

brincar

Ser sedentário e ser fisicamente inativo são coisas diferentes

 
O termo sedentarismo é amplamente usado como sinônimo de inatividade física. Mas uma pessoa pode ser fisicamente inativa, isto e, não atingir a recomendação de 150 minutos (para adultos) ou 300 minutos (para crianças e adolescentes) por semana de atividade moderada a vigorosa, e não apresentar um estilo de vida sedentário. O contrario também pode ser verdadeiro, ou seja, existem pessoas que são classificadas como ativas, mas possuem um estilo de vida sedentário.

 

Te confundi? 

Então vamos lá. Comportamento sedentário se refere a atividades que não exigem gasto energético significativo, como estar deitado, assistindo TV, jogando videogame. Tecnicamente um comportamento sedentário inclui atividades em que o gasto energético fique entre 1,0 – 1,5 MET. 
 
A Academia Americana de Pediatria preconiza que crianças e adolescentes não ultrapassem duas horas por dia em atividades sedentárias.

MET, o que é isso? 

 
MET é o equivalente metabólico. Refere-se ao gasto energético que o organismo tem para estar em repouso – só para manter suas funções vitais, como batimento cardíaco, respiração, movimentos do trato digestivo…
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (WHO),  atividade física é definida como qualquer movimento corporal produzido pelos músculos esqueléticos que requer gasto de energia acima de 1 MET. 
A atividade física é considerada leve quando o gasto energético está entre  1,6-2,9 METs, ou seja, atividades como caminhar lentamente, cozinhar, fazer comida gastam demandam pouca energia mas não são classificadas como sedentárias. 


Resumindo

Para ser considerado fisicamente ativo o indivíduos precisa realizar atividade física moderada a intensa, ou seja, que demande um gasto energético maior que 3 METs pelo menos 150 minutos/semana (para adultos) ou 300 minutos/semana (para crianças e adolescentes). O sedentarismo é um comportamento diário que caracteriza-se pela quantidade de tempo destinado a um grupo de atividades que não elevam significativamente o gasto energético relacionado ao repouso.
Correr, pular, dançar… ser criança do jeito que éramos antigamente basta para atingir os tais 3 METs. 

*Maior de 3 MET Para ser considerado fisicamente ativo, o indivíduo adulto deve realizara pelo menos 30 minutos de atividade física diária moderada a intensa por 5 dias na semana (ou pelo menos 150 minutos/semana). Para crianças e adolescentes o tempo deve ser o dobro.

Um estudo (que avaliou 71,363 por 5,5 anos) sugere que o simples fato de passar longas horas por dia sentado estava associado a todas as causas de mortalidade.
Isso foi mais evidente nos adultos que não eram fisicamente ativos (aqueles que além de passarem longas horas sentados não faziam atividade física na duração, frequência e intensidade adequadas).  
Academia Americana de Pediatria preconiza que crianças e adolescentes não ultrapassem duas horas por dia em atividades sedentárias para prevenção da obesidade e de fatores de risco cardiovascular.
Referências:

Carla Torres

Médica (Universidade Federal Fluminense – 2004) e mãe. Atua nas duas funções em tempo quase integral e é apaixonada pelo que faz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *