Filhinhos da Mamãe

Guia Sobre Infância
MENU

Relato de viagem: Cote D’Azur

DSC_0064
302037_502258236507840_2056252345_n[2]

Nice – A capital da Cote D’Azur

Seguindo o relato de nossa viagem à Europa, que começou pela Provence, vou descrever a parte da Cote D’Azur:

D7 – 26/04/2013 – sexta-feira (Cassis, La Ciotat,  Nice)

Partimos de Aix-en-Provence para Nice por volta das 9h30, mas antes passamos por Cassis. Um vilarejo muito lindo.

042620134469

Praia – Cassis

Tomamos um café expresso e passamos em uma patisserie perfeita, onde comprei várias coisas para a viagem. Fomos então visistar a feira (não me cansava dessas feiras) comprei azeitonas e partimos em direção à La Ciotat, pela Route des crêtes. Vista maravilhosa, de tirar o folêgo. Mas perdi o fôlego mesmo quando percebi que tinha perdido minha carteira com meus 4 cartões de crédito e 70 euros. Voltamos para Cassis. Procurei na patisserie e nada, a feira já estava quase toda desfeita… desespero. Meu amor teve a idéia de perguntar a um policial que estava organizando o trânsito. Incrédula, gastei meu francês capenga (ele não falava nada de inglês) e consegui me fazer entender. Para minha felicidade ele me levou até a Delegacia e me entregou a carteira com todos os cartões, mas sem o dinheiro. Mas saiu barato. Acho mesmo que fui vítima de um dos famosos batedores de carteira da Europa. Lá parece ser incomum ser assaltado, mas em muitos lugares tem avisos alertando sobre os batedores de carteira. Depois dessa, fiquei paranóica. Coloquei um elástico para prender sempre na calça.

Aliviada, partimos em direção à Nice. Esse inconveniente nos atrasou, não daria tempo de passarmos em St Tropez, infelizmente. Fomos para Nice pelas estradas principais, no total 24 euros de pedágio, bem carinho. Paramos em um ponto de descanso (na França tem várias áreas de descanso ao longo das estradas. Tem lugar com banheiro e mesas para fazer um piquenique. Na Itália não vimos isso) para alimentar nossa princesinha e deixar ela correr um pouco, esticar as perninhas gordas. Barriguinha cheia, pé na estrada. Chegamos à Nice. A Hertz ficava bem pertinho do hotel que escolhi em Nice, Mercure Promenade des Anglais . Deixamos as coisas por lá e fomos passear.  Demos uma volta pelo calçadão, fomos até o famoso Hotel Negresco e comemos em um restauratne libanês perfeito, que ficava bem na frente do hotel:   L’Europa. Comida deliciosa e atendimento excelente. O melhor fallafel que provei na vida. Custo beneficio muito bom. Ambiente aconchegante e perfumado. Indico fortemente. Fomos então passear pelo centro histórico, andamos bastante pelas ruazinhas cheias de movimento. A cidade é muito legal.

042720134487

Rue Massena – Nice

 

 D8 – 27/04/13 – sábado (Nice)

Fui bem cedinho para meu congresso. Bebê e papai foram passear. Andaram pela orla, pelo centro e foram ao Merché aux fleurs. Quando nos encontramos à tarde, fomos para o outro lado da orla, no sentido contrário ao famoso Hotel Negresco, que inspirou nosso Copacabana Palace. A tarde estava linda e a cor do mar é mesmo turquesa, entendemos porque Nice é a capital da Cote D’Azur.

Passeio pelo calçadão de Nice

DSC_0072

Mar azul turquesa. Lindo mesmo!

DSC_0064

Lá atrás está o porto de Nice. Minha flor e eu não cansamos de observar aquele mar azul 🙂 

Passamos pelo porto e voltamos pelo centro. Muitas lojas e movimento. Voltamos pela rua Massena, que fica bem perto do hotel e é  muito movimentada de dia e á noite. Escolhemos um restaurante aleatoriamente e tivemos um jantar simples, nada de especial. De sobremesa comemos um delicioso sorvete daquela famosa marca, Amorino.

 D9 -28/04/2013 – domingo – Nice – Mônaco

Só fui ao congresso pela manhã. À tarde fomos conhecer Mônaco. Mas esse foi o dia de passeio menos proveitoso de toda a viagem. Já saímos por volta de 13h com o tempo ruim. Fomos andando em direção à Gare de Nice, onde compramos a passagem do trem (e já aproveitei e comprei a passagem antecipada para irmos à Ventimiglia na terça-feira pela manhã – é o mesmo trem que vai para Mônaco).

A viagem foi bem rapidinha. Mas chegamos lá e logo começou a chover. Ainda bem que minha fofinha dormiu. Deitamos o carrinho e colocamos a capa. Ela ficou ali, quentinha. Nós passamos pelos Jardins, que são mesmo bem bonitos, e fomos descendo. Mônaco é cheia de ladeiras. Caminhamos por onde acontece o Grand Prix de Mônaco. Chegamos ao porto e ficamos de boca aberta com o luxo dos iates. O que era aquilo? De outro mundo. Muita riqueza mesmo.

DSC_0157

Capital do luxo. Monaco é uma riqueza absurda!

DSC_0132

Fomos andando e chegamos ao Grand Casino de Monte Carlo. Até tentamos lanchar no famoso Café de Paris, mas desistimos: dois garçons tão nariz em pé que simplesmente ignoraram nossa presença. Resolvemos não insistir, era muita humilhação. Não precisávamos daquilo.

DSC_0168

Ferrari em Monte Carlo e Mônaco é Gol no Brasil: tem para todo lado

O clima estava mesmo horrível, não parava de chover. Cheguei a sentir inveja daquele monte de orientais que desciam dos ônibus de turismo tiravam 600 fotos e partiam. Nós resolvemos voltar para Nice, ainda era dia. Comemos no Vip’s Gril, um local simples, mas gostamos bastante e fomos para o hotel, não parava de chover. Aquela chuvinha fina e gelada. Esse era um bom dia para tomar um bom banho quente de banheira e ficar no hotel de bobeira naquela cama enorme. Foi o que fizemos. À noite fomos passear pela orla, no sentido do Negresco. Voltamos a comer no L’Europa.

DSC_0244

Voltinha pela  praia de Nice

D10 -29/04/2013 – segunda – Nice

Era nosso último dia na França. Amanhã partiríamos para Itália. No fim da tarde, ao sair do congresso, fomos passear. Comemos em um restaurante que é uma ótima dica para os mochileiros: comidão mesmo! Não é comum ter porções tão grandes na França. E o sabor também era bom. Vi que as porções nas mesas ao redor eram grandes demais, então pedi um riggatone de forno para dividir. Comemos nós 3 muito bem. O La Favola tem uma localização super turística, bem no marchè aux fleurs, no centro histórico e é mesmo uma boa opção para uma comida simples, mas gostosa e farta. Andamos muito pelas ruas do cento histórico e ficamos na rua até bem à noite (nessa época do ano anoitecia por volta das 21h, o que é ótimo. Curtíamos muito os dias). Voltamos para nosso hotel. Arrumamos as coisas todas, no dia seguinte partiríamos bem cedo.

DSC_0259

Nice Ville à noite

Queria muito conhecer alguns lugares, como St Tropez, Eze, Menton, Cap Ferrat, Antibes… mas não deu tempo (afinal, eu estava lá pelo congresso – rs).
O hotel: Ficamos no Mercure Promenade des Anglais, um hotel da rede Arccor, com serviço muito profissional e eficiente. Gostamos bastante. Não tomamos café no local (20 euros) mas ouvi que era bom. A localização é excelente. Bem perto da Promenade des Anglais e da Rue Massena. O quarto que ficamos, com vista lateral, era imenso com um banheiro. Gostamos bastante.
042620134477

Quarto no Mercure Promenade des Anglais: muito confortável e estiloso

042620134478

Quarto com vista lateral: gostamos! Víamos a praia e o movimento da Rue de de Halevy…

Veja também:

Carla Torres

Médica (Universidade Federal Fluminense – 2004) e mãe. Atua nas duas funções em tempo quase integral e é apaixonada pelo que faz.

11 respostas para “Relato de viagem: Cote D’Azur”

  1. Ana disse:

    Olá!

    Tenho um blog de artigos diversos, inclusive viagem, inaugurado em 25/11/2015.
    http://Www.amoranaoeframboesa.com

    Gostaria de te convidar para mandar um (ou mais,claro!) relato de viagem (qualquer destino) para eu publicar na área de viagens de internautas.

    Um abraço!

  2. […] foi a parada final de nossa viagem. Passamos antes pela Provence, Cote D’Azur, Liguria e […]

  3. […] amado, nossa filhinha de 1 ano e 6 meses e eu – pela Provence, depois seguimos para Cote D’Azur e de lá para Itália (Riviera, Toscana e Veneza). Vou detalhar nossa viagem […]

  4. […] amado, nossa filhinha de 1 ano e 6 meses e eu – pela Provence, depois seguimos para Cote D’Azur e de lá para Itália (Riviera, Toscana e Veneza). Vou detalhar nossa viagem […]

  5. […] amado, nossa filhinha de 1 ano e 6 meses e eu – pela Provence, depois seguimos para Cote D’Azur e de lá para Itália (Riviera, Toscana e Veneza). Vou detalhar nossa viagem […]

  6. […] o relato da viagem pela Europa com nossa fofinha ( 1 ano e meio)… já tínhamos passado pela Provence, Cote D’Azur e chegamos à Riviera Italiana, onde conhecemos Gênova, Portofino e as Cinque […]

  7. Luciana Novellino disse:

    Flavia Bagatin14 de junho de 2014 12:50
    Muito legal o seu blog, estou planejando uma viagem bem similar com a minha filha que terá 1 ano e 3 meses no momento da viagem!
    Os seus relatos estão me ajudando demais!
    Quero alugar carro na Toscana e gostaria de saber se tem alguma taxa extra por pegar o carro numa cidade e devolver na outra. Obrigada!

  8. Luciana Novellino disse:

    Anônimo10 de julho de 2013 22:30
    Côte D’Azur com R !!!!!! De resto tudo perfeito

    • Luciana Novellino disse:

      Carla Torres13 de julho de 2013 17:47
      Valeu pelo toque. Dei uma “abrasileirada” básica, estilo “embromation” sem perceber. Abraços.

  9. Luciana Novellino disse:

    Neyara24 de junho de 2013 10:45
    Carla, vou imprimir o teu post e seguir o itinerário, ficou perfeito, principalmente a parte dos restaurantes, hihihi.
    Beijos,
    Neyara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *