Filhinhos da Mamãe

Guia Sobre Infância
MENU

Sinusite em crianças

Tags:, , , ,

rinite

As crianças têm muitas infecções respiratórias, nós sabemos muito bem disso. De médico todos os pais têm um pouco, por isso logo que nossos pequenos começam a ter secreção no nariz, tosse, já começamos a dar os cuidados gerais com soro fisiológico, nebulização… Mas e quando é a tal da sinusite? Como saber? Quando procurar o médico? 

O que é a sinusite?

A sinusite é uma das doenças menos reconhecidas na criança. É a infecção dos seios da face, que se desenvolve após um resfriado comum ou uma crise de rinite alérgica.

Imagem: www.enttech.com.au

A real prevalência ainda não é conhecida, mas parece que todas as crianças são afetadas por infecções respiratórias superiores (do ouvido, nariz e garganta) de 6 a 7 vezes por ano, e a sinusite ocorre em 5-13% desses casos. Quer dizer, nem todo resfriado vai virar sinusite.

Nos Estados Unidos afeta 1% das crianças a cada ano e gera mais de 1.8 bilhão de dólares de gastos por ano em cuidados médicos e 20 milhões de prescrições de antibióticos por ano.

[alert style=”info”] O não diagnóstico ou o atraso no tratamento pode levar à sinusite crônica ou complicações como infecção intracraniana, infecção de vasos cerebrais, osteomielite (infecção dos ossos do crânio) ou complicações orbitárias (dos olhos). [/alert]

 

O que causa sinusite nas crianças?

Existem 3 fatores que favorecem muito  o surgimento da sinusite: Alergias, obstrução nasal e deficiências imunológicas. Entenda cada um deles:

Causas da sinusite

Causas da sinusite

[dropcap style=”secondary”] 1 [/dropcap] Alergias

 

As alergias, entre outros fatores, fazem o organismo produzir secreção nas vias aéreas superiores, criando o ambiente ideal para proliferação de microorganismos que causam infecções como a sinusite. Os tipos mais comuns:

  • – Rinite alérgica – a rinite alérgica causa a inflamação crônica nas vias aéreas e provoca acúmulo de secreção nessa região, sendo, dessa forma, o fator mais associado à sinusite.  A incidência da rinite em crianças é estimada em 15-20%, então elas têm mais chance de ter sinusite. Um estudo feito em 2012 mostrou que a sinusite e a rinite alérgica existem ao mesmo tempo no mesmo paciente em 25-70% do tempo. Saiba tudo sobre a rinite alérgica.
  • – Alergias Alimentares – a sinusite de repetição pode ser relacionada à alergia alimentar (como alergia à leite de vaca, a soja ou outros alimentos, e deve ser avaliado por um especialista.

[dropcap style=”secondary”] 2 [/dropcap] Obstrução nasal

 

sinusite

Imagem: www.mackoulpediatrics.com

Entre outros fatores, a obstrução nasal (sensação de nariz entupido) causa acúmulo de secreção, criando o ambiente ideal para proliferação de microorganismos que causam infecções, como foi explicado anteriormente. Além disso, atrapalha o funcionamento da linha de frente das nossas defesas: os batimentos dos cílios  nasais, que funcionam como uma vassourinha expulsando os invasores. As principais causas de obstrução nasais são:

  • – Adenóide – é um tecido linfoide que compõe o sistema imunológico, e existe em todas as crianças. Em algumas delas esse tecido é grande demais e causa obstrução da respiração e pode levar a roncos, respiração pela boca, deformidade dos dentes, do céu da boca (palato) e até a doenças no ouvido.
  • – Desvio de septo – é uma alteração do septo nasal que gera obstrução das narinas, e pode ser congênita (a pessoa nasce com ela) ou adquirida (depois de um trauma na face).
  • – Pólipo nasal – é uma massa que ocupa as narinas, e leva à obstrução nasal muito incômoda e presença de secreção constante.

[dropcap style=”secondary”] 3 [/dropcap] Deficiência imunológica

 

Quando as defesas do organismo estão frágeis, o risco de contrair infecções como a sinistre é maior. As deficiências imunológicas são diversas, bem como suas causas, por isso tratamos desse assunto em um post específico sobre imunidade das crianças.

Você viu nossa série sobre imunidade? Confira e aprenda como funciona a imunidade das crianças e quais os nutrientes e hábitos capazes de aumentá-la:

Desvendando a imunidade de bebês e criançasimunidade - post 2 imunidade - post 3 - segredos

Como é feito o diagnóstico da sinusite?

Através de avaliação clínica. O médico analisa as queixas do paciente, ou em muitos casos da mãe da criança, e a examina, fazendo uma avaliação conjunta. Ao contrário do que se pensa, a radiografia ou tomografia não são essenciais para o diagnóstico e não são feitas de rotina.

Os sintomas são:

  • – nariz entupido
  • – secreção no nariz, geralmente amarela ou verde
  • – secreção que escorre na garganta
  • – mau-cheiro no nariz ou boca
  • – dor na face
  • – redução da capacidade de sentir cheiro (olfato)
sintomas sinusite

Sintomas da sinusite

Como é o tratamento da sinusite em crianças?

Vai depender da avaliação do médico, que vai indicar a necessidade ou não do uso de antibiótico, e a dose necessária. Além disso, é fundamental a limpeza nasal frequente com soro fisiológico, sendo uma opção barata, simples e eficiente. A eficácia da limpeza nasal frequente para prevenir infecções das vias aéreas superiores como a sinusite foi um dos 7 hábitos para fortalecer a saúde do seu filho abordados na nossa série sobre imunidade.

 

Fonte:

Medical treatment of allergy in children with recurrent or chronic sinusitis. Niger Med J 2014 nov

The united allergic airway: Connections between allergic rhinitis, asthma, and chronic sinusitis. Am J Rhinol Allergy 2012

A comparison of the efficacy of amoxicillin and nasal irrigation in treatment of acute sinusitis in children. Korean J Pediatr 2014 nov

Luciana Novellino Pereira – Médica Otorrinolaringologista. Tel 21 3646-6050, 21 3369-8600.

 

Luciana Novellino

Luciana Novellino

Médica, mãe de dois. Apaixonada pela família e buscando vivenciar a maternidade com alegria, mais leveza e menos cobrança.
Luciana Novellino

Últimos posts por Luciana Novellino (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *